Nosso Blog

Ceprocamp amplia a formação dos alunos com atividades oferecidas em plataforma digital

Canal da publicação:

Prefeitura de Campinas

Data:

20/05/2024

Desde meados de março deste ano, os alunos do Centro de Educação Profissional de Campinas (Ceprocamp), dos cursos Técnicos e de Qualificação Profissional, distribuídos em 14 polos, realizam Atividades Complementares também de maneira remota, por uma plataforma digital.

As Atividades Complementares (AC) já faziam parte da rotina dos alunos de maneiras diversas, como participação em seminários, congressos e encontros culturais; colaboração na organização de eventos; participação em pesquisas, atuação em projetos de ação comunitária ou em atividades artísticas; estágios entre outros, sempre relacionadas com o curso, disciplina ou com indicação dos professores.

A partir da contratação da plataforma Mind Lab/Eduk, com a seleção de cursos específicos de complementação de estudos para o público-alvo, estão à disposição dos alunos mais de duas mil possibilidades de aprendizado ou aperfeiçoamento.

“O artigo 11 do Regulamento da escola estabelece que  as AC podem  ser utilizadas para compensação de ausência, no caso dos alunos que se encaixarem ao limite regimental de faltas (entre 25 e 40%)”, afirma Andréa Jaconi,  gerente dos Programas de Educação Profissional do Ceprocamp, apontando mais esse benefício decorrente do uso da plataforma.

Números

Desde o início das atividades, em 18 de março, a plataforma registrou 1.251 estudantes cadastrados, 1.764 cursos iniciados e 672 finalizados. Desses cursos finalizados, 43 foram aproveitados na trilha complementar pelo Ceprocamp.

Entre os mais procurados na trilha Ceprocamp, estão: Como montar seu Currículo; Design no Canva: Guia Prático para Iniciantes; Como se comunicar de forma efetiva no mercado de trabalho; Inteligência emocional: treino, técnica e tomada de decisão; Com compartilhar seu trabalho no mundo digita; Como recomeçar 1: equilíbrio emocional, carreira e mercado de trabalho; e Habilidades do mercado de trabalho.

“Pensamos ser uma maneira de oferecer ao nosso estudante uma nova gama de possibilidades de crescimento ou reinício profissional”, acrescenta Andréa.

O Ceprocamp Centro é a unidade com o maior número de matriculados (1.024), seguidos pelas unidades Campo Grande (305), Campo Belo (214) e Ouro Verde (179).

Link da publicação original:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *